segunda-feira, 28 de agosto de 2017

QUEM CRIOU DEUS? COMO DEUS SURGIU DO NADA?




Quem criou Deus?

Ninguém criou Deus. Deus sempre existiu. Essa é a definição de eterno. Deus é o Criador que não precisou ser criado. Deus não tem princípio nem fim.

Tudo que vemos e conhecemos neste mundo teve princípio e foi criado por outra pessoa ou coisa. Mas Deus é diferente. Ele não é uma criação como nós; Ele é o Criador. Tudo foi criado por Deus mas Deus não foi criado por ninguém. É por isso que Ele é Deus (“Antes de formares os montes e de começares a criar a terra e o Universo, tu és Deus eternamente, no passado, no presente e no futuro.” - Salmos 90,2 - Moisés).

A Bíblia diz que Deus é eterno. Ele sempre existiu. Ninguém O criou, nem O ensinou, nem O ajudou a crescer ( “Quem pode conhecer a mente do Senhor? Quem é capaz de lhe dar conselhos? Quem lhe deu lições ou ensinamentos? Quem lhe ensinou a julgar com justiça ou quis fazê-lo aprender mais coisas ou procurou lhe mostrar como ser sábio?- Isaías 40,13-14). Deus não tem data de nascimento.

Talvez isso ajuda a entender: quem é salvo vai ter a vida eterna. Sua vida não vai acabar, por toda a eternidade. Assim como os salvos vão viver pela eternidade no futuro, Deus também existiu por toda eternidade no passado. A vida dos salvos tem princípio mas não vai ter fim; a vida de Deus não tem fim nem princípio! – “Ó Senhor, o teu trono está firme desde o princípio; tu sempre exististe.” (Salmos 93,2 - Davi).

Como Deus surgiu do nada?

Deus não veio do nada. O nada não existia, sempre houve Deus. O universo não foi criado a partir de nada, foi criado a partir de Deus (“O céu é teu, e a terra é tua; tu criaste o mundo e tudo o que nele existe”. Salmos 89,11 - Etã, o ezraíta.).
Na Bíblia, Deus explicou que Seu nome é “Eu Sou”. Isso significa que, em todo tempo, Deus sempre existe. Ele sempre foi, sempre é e sempre será Deus (“Deus disse: — Eu Sou Quem Sou. E disse ainda: — Você dirá o seguinte: “Eu Sou me enviou a vocês.” Êxodo 3,14).

Nosso próprio conceito de tempo vem da mudança, do princípio e do fim das coisas. Deus não muda. Ele é sempre o mesmo (“Tudo de bom que recebemos e tudo o que é perfeito vêm do céu, vêm de Deus, o Criador das luzes do céu. Ele não muda, nem varia de posição, o que causaria a escuridão”. Tiago 1,17). Ele criou o tempo. Antes de Deus os criar, princípio e fim não existiam!


Se Deus tivesse um criador, Ele não seria Deus. O criador de Deus seria Deus. E depois teríamos de perguntar: quem criou o criador de Deus? Porque essa pessoa seria Deus. E assim por diante, até chegarmos a “alguém” que tivesse surgido do nada ou que tivesse sempre existido, sem ter criador nem princípio. A Bíblia diz que não há outro Deus, que criou o Deus que adoramos. Deus é esse “alguém” que sempre existiu e não teve criador (“O Senhor, o Rei e Salvador de Israel, o Deus Todo-Poderoso, diz: ‘Eu sou o primeiro e o último, além de mim não há outro deus’”. Isaías 44,6-7).